Onde você esta agora?



O televisor ligado transmitindo milhares de notícias instantâneas, telefone tocando, WhatsApp recebendo mensagens sem parar (grupo do trabalho, da família, dos amigos, dos amigos mais íntimos, ...), preocupações do dia a dia (contas a pagar, salário a receber, ...), próxima viagem, problemas no relacionamento ou pessoais, tenho que "arrumar" tempo para fazer atividade física... Ufa! O dia realmente era para ter mais de 24 horas. Será?

A ideia dessa matéria é atentar para a aceleração física e mental que estamos vivendo e propor uma mudança. Esse turbilhão de tarefas cruciais e muitas falsamente classificadas por nós mesmos como “essenciais” nos afastam da arte de relaxar.

Há diversas pesquisas comprovando a relação desse estresse com Hipertensão Arterial, Infarto Cardíaco, Úlceras, Enxaquecas, Doenças Comportamentais, Esgotamento Nervoso (Sd. de Burnout), entre outras.

Diante desse quadro comum, buscar técnicas de relaxamento passa a ser cada vez mais necessária para atingirmos a harmonia do equilíbrio físico-mental e, claro, para Despertar a Ampla Performance. Não é a toa que coloco o setor mental como o principal dentre os 6 pilares da saúde (nutrição, atividade física, relacionamentos, sono, tóxicos e mental).

Para tal, você não precisa largar tudo e se refugiar no meio da mata ou esperar suas próximas férias. Você consegue melhorar seu entorno com pequenas paradas durante o dia. Mas essa parada de 3 minutos, no mínimo, deve ser totalmente sem bate-papo, sem celular e sem fala. Somente você com você, apenas uma música relaxante ao fundo, se desejar.

Nesses 3 min (talvez torturantes para alguns no início) busque manter sua consciência no presente, não deixe problemas passados ou preocupações futuras dominarem. Se possível, apenas respire fundo e, na expiração, diga mentalmente "Sou Grato".

Um estudo que comprova os benefícios foi publicado na revista “Psychiatry Research: Neuroimaging”, que acompanhou um grupo de 16 pessoas na Clínica de Redução do Estresse e do Centro de Atenção Plena em Medicina da Universidade de Massachusetts. Nesse trabalho, os participantes praticavam meia hora de meditação doméstica e no fim de alguns meses, o cérebro dos participantes já apresentava aumento da espessura da massa cinzenta em regiões envolvidas no controle muscular, percepção sensorial - como visão e audição e inclusive no Hipocampo (área relacionada com a memória, aprendizagem e regulação das emoções). Imagina o quanto isso pode impactar nos seus resultados!

Treinar a mente para estar no seu presente é a melhor maneira de sair do "piloto automático" e viver verdadeiramente o seu agora.


Dica Dr. Hugo Neves:

-Comece fazendo duas paradas de 3 minutos no dia (pela manhã e no meio da tarde). Brinque com a respiração, mexa lentamente os dedos e a cabeça, isso pode ajudar a manter sua mente no seu presente.

-Busque por práticas de meditação, yoga ou por outras formas de relaxamento.


Programa Ampla Perfomance - Evolua Integralmente

Saiba mais em: www.hugoneves.com.br

0 visualização